Atividade Extra- MISSÃO VirtualLIFE

QUEM? ESTA SOU EU… BEM… É UMA REPRESENTAÇÃO DO MEU EU NUMA SECOND LIFE – O MEU AVATAR Na minha “First Life” não sou ruiva, não uso aquele penteado, não tenho tatuagens. Mas gosto de usar roupa preta, calções e t-shirt e sabem o que gosto mais? De “ser” uma jovem rebelde que parece nãoContinue a ler “Atividade Extra- MISSÃO VirtualLIFE”

TEMA 3 – INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO EM CONTEXTO DE eLEARNING

DESAFIO Um caso real de avaliação (um instrumento de avaliação) 2. Elaboração de um artefato digital 2.1 Constituição do GRUPO 3 2.2 Leitura e análise de referências alusivas aos seguintes instrumentos / estratégias de avaliação: Fóruns de Discussão e-Portfólios Mapas Conceptuais 2.3 Construção do artefacto com aspetos do processo avaliativo da ferramenta /instrumento/ estratégia deContinue a ler “TEMA 3 – INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO EM CONTEXTO DE eLEARNING”

TEMA II – APRENDER NA REDE – TAREFA 2

O MEU PERSONAL LEARNING ENVIRONMENT (PLE) É engraçado que tivemos que chegar a esta unidade para eu ter um nome para o que eu tenho vindo a constatar, desde outubro de 2019. Descobri que existe um nome para a forma como tenho vindo a aprender e o melhor de tudo é que sou eu queContinue a ler “TEMA II – APRENDER NA REDE – TAREFA 2”

TEMA II – APRENDER NA REDE – TAREFA I

MODELOS DOS PERSONAL LEARNING ENVIRONMENTS (PLEs) BIBLIOGRAFIA ANOTADA: PLEs Será possível de definir Personal Learning Environment (PLE)? No video PLE, Jordi Adell define PLE como sendo “una manera de aprender” (2012), que apenas existe porque a Internet nos possibilita “utilizar un conjunto de herramientas gratuitas, recursos y fuentes de información” e permite contactos com pessoasContinue a ler “TEMA II – APRENDER NA REDE – TAREFA I”

TEMA 3: SISTEMAS DE GESTÃO DE APRENDIZAGEM, REDES SOCIAIS E JOGOS DIGITAIS

FASE 3 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Adams, E. (2010). Fundamentals of Game Design: Fundamentals of Game Design_2. In Google Books. New Riders. https://books.google.pt/books?id=-BCrex2U1XMC&printsec=frontcover&dq=ERNEST+ADAMS+2010&hl=pt-PT&sa=X&ved=0ahUKEwigver53rjpAhUOaBoKHe6uBMAQ6AEIKDAA#v=onepage&q=ERNEST%20ADAMS%202010&f=false Alves, L. (2008). Relações entre os jogos digitais e aprendizagem: delineando percurso. Educação, Formação & Tecnologias – ISSN 1646-933X, 1(2), [3–10]. https://eft.educom.pt/index.php/eft/article/view/58/38 Juraschka, R. (2019, September 30). How Digital Game-Based Learning Improves Student Success. Prodigy Math Blog. https://www.prodigygame.com/blog/digital-game-based-learning/Continue a ler “TEMA 3: SISTEMAS DE GESTÃO DE APRENDIZAGEM, REDES SOCIAIS E JOGOS DIGITAIS”

TEMA I – TAREFA 2: A Pedagogia do eLearning

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Amaro, R., Teles, L., & Morgado, L. (2015). Docência online: um estudo na Universidade de Brasília. Challenges 2015. Meio Século de TIC Na Educação – Atas Da IX Conferência Internacional de TIC Na Educação, 896–907. http://hdl.handle.net/10400.2/8143 Anderson, T. (2008). Teaching in an Online Learning Context. In T. Anderson (Ed.), The theory and practice of onlineContinue a ler “TEMA I – TAREFA 2: A Pedagogia do eLearning”

Avaliação Pedagógica Digital em Contextos de Elearning

O desafio foi… UM GRUPO – GRUPO 3 2. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Fraile, J., Pardo, R., & Panadero, E. (2016, October 5). ¿Cómo emplear las rúbricas para implementar una verdadera evaluación formativa? Revista Complutense de Educación, 28(4), 1321–1334. https://doi.org/10.5209/rced.51915 Mertler, C. (2001). Designing Scoring Rubrics for Your Classroom. Practical Assessment, Research and Evaluation, 7(25), 2–8. Pereira, A., Oliveira, I., Tinoca,Continue a ler “Avaliação Pedagógica Digital em Contextos de Elearning”

TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM

VAMOS JOGAR MAIS UM JOGO? Observe bem as imagens e responda ao seguinte questionário: Agora já sabem do que vos vou falar… CONTEXTUALIZAÇÃO Novas tendências globais, sociais, políticas, tecnológicas e educativas e a presença da hiperconectividade. Estamos em fase de mudança no ensino-aprendizagem. Essa mudança é não só conceptual, mas também tecnológica. A informação surge-nosContinue a ler “TECNOLOGIAS E FERRAMENTAS DA WEB 2.0 PARA A CRIAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM”

Produção de um (ou 2!) RECURSO EDUCACIONAL ABERTO (REA)

No âmbito da UC de Materiais e Recursos para eLearning, a professora Ana Nobre colocou um desafio final: A produção de um REA, para uma exposição virtual intitulada Educação à Distância, Educação Online; Educação Aberta; Educação à Distância em Rede. O processo de criação de um REA, que na prática são 2, apresentou muitos desafiosContinue a ler “Produção de um (ou 2!) RECURSO EDUCACIONAL ABERTO (REA)”

Create your website with WordPress.com
Iniciar