Produção de um (ou 2!) RECURSO EDUCACIONAL ABERTO (REA)

In Flickr

No âmbito da UC de Materiais e Recursos para eLearning, a professora Ana Nobre colocou um desafio final: A produção de um REA, para uma exposição virtual intitulada Educação à Distância, Educação Online; Educação Aberta; Educação à Distância em Rede.

O processo de criação de um REA, que na prática são 2, apresentou muitos desafios que passam pela escolha do tema, da pesquisa bibliográfica que poderá ser insuficiente ou dispersa, pela inexperiência com ferramentas de apresentações/vídeo, e com as suas limitações associadas às versões “free” (tempo e local de publicação), passando pela expetativa ao nível das participações e terminando nos direitos de autor das plataformas usadas.

Mas ultrapassando algumas destas limitações, foi possível terminar o(s) REA (s) em tempo útil. Aqui vos apresento o resultado final.

REA 1- EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EM PORTUGAL: HISTÓRIA

História da Educação Aberta em Portugal
https://www.powtoon.com/html5-studio/#/edit/dXgpuEjx6GF

REA 2 – EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EM REDE: VANTAGENS E DESVANTAGENS

Educação à Distância em Rede: Vantagens e Desvantagens
https://www.powtoon.com/html5-studio/#/edit/bi7j7XeeAAr

Como o próprio nome indica, ambos os Recursos Educacionais ABERTOS têm a licença Attribution-NonCommercial 4.0 International da Creative Commons porque defendo a partilha e a adaptação respeitadora, dando crédito ao seu autor, providenciando um link para a respetiva licença.Estes recursos não devem ser usados com fins lucrativos, pois não é esse o objetivo.

O que resulta desta atividade é muito positivo, pois citando Seth Gurell e David Wiley, em OER – Handbook for Educators (2008) [l]ike any “first,” your introductory OER will not be the best one. However, your first effort should not discourage you from future attempts. The OER community is generally very encouraging of new contributions, and will appreciate any new efforts. However, if you do receive any constructive criticism concerning your OER, try to take it as positively as possible. If someone takes the time to criticize an effort, it is largely because that person sees value in at least some of the OER.

Com isto, apenas quero concluir que esta reflexão me diz que os meus recursos não estão perfeitos e que o caminho a percorrer no sentido da melhoria é ainda longo, mas que acima de tudo pretendo continuar a faze-lo, pois é algo que me estimula e em que acredito. Terminando com uma citação de Helder Pereira, Rui Rosa e da Professora Ana Nobre, em REAeduca – Revista de educação para o século XXI (2016, pp. 1289-1290) Os REAs são uma presença obrigatória na aprendizagem do futuro, ao promoverem a criatividade, valorizarem a essência humana e construírem uma inteligência coletiva. São uma inovação na forma de pensar e assegurar o acesso ao conhecimento necessário à Educação, através da difusão de conteúdo, ferramentas livres, recursos de implementação e práticas que permitam que o profissional de Educação guarde, reuse, revise, remixe e redistribua conteúdos de forma aberta e livre.

Referências Bibliográficas

Amante, L. (2011). Formação de professores a Distância: A experiência da Universidade Aberta de Portugal. Revista Percursos, v. 12(01), 09–26. https://www.academia.edu/6910733/Forma%C3%A7%C3%A3o_de_professores_a_Dist%C3%A2ncia_A_experi%C3%AAncia_da_Universidade_Aberta_de_Portugal

Bates, T. (2018, August 7). What do you mean by…..? | Tony Bates. https://www.tonybates.ca/2008/07/07/what-is-distance-education/

Caeiro, D. (2018, November 30). Ensino a distância em Portugal: 30 anos depois. http://www.publico.pt/2018/11/30/sociedade/opiniao/ensino-distancia-portugal-30-anos-1852062 [20 janeiro 2019]

Carmo, H. (1994). Modelos ibéricos de ensino superior a distância : no contexto mundial (Tese de Doutoramento). https://doi.org/http://hdl.handle.net/10400.2/2491

Costa, A., & Morgado, L. (2014). Cenários de futuro na Educação a Distância e Elearning no ensino superior em Portugal. Estudo Exploratório. CIDTFF – Indagatio Didactica – Universidade de Aveiro, 6(1), 60–79. https://repositorioaberto.uab.pt/bitstream/10400.2/3437/1/costa_linamorgado_february2014.pdf

Direção Geral da Educação. https://www.dge.mec.pt/

Doodly. https://www.doodly.com/

Educare. https://www.educare.pt/

García Aretio, L. (2013). HISTORIA DE LA EDUCACIÓN A DISTANCIA. RIED. Revista Iberoamericana de Educación a Distancia, 2(1). https://doi.org/10.5944/ried.2.1.2084

Gaspar, I. (2020). Ensino a distância e ensino aberto: paradigmas e perspectivas. Discursos: Língua, Cultura e Sociedade, 67–76. https://doi.org/0872-0738

Grave-Resendes, L., & Nunes, A. (2020). Open and Distance Learning in Portugal. http://www.lmi.ub.es/teeode/THEBOOK/files/english/html/5port.htm#2

Gurell, S., & Wiley, D. (2008). OER Handbook for Educators 1.0 – WikiEducator. https://wikieducator.org/OER_Handbook/educator_version_one

Hasan, A., & Laaser, W. (2010). Higher Education Distance Learning in Portugal–State of the Art and Current Policy Issues. European Journal of Open, Distance and E-Learning, 2, 1–10. https://eric.ed.gov/?id=EJ914961

Instituto de Tecnologia Educativa. (1984). Conheça o Instituto de Tecnologia Educativa. https://doi.org/http://hdl.handle.net/10400.2/7153

Keegan, D. (1980) On defining distance education, Distance Education, 1:1, 13-36, 10.1080/0158791800010102

Martins Moreira, I. (1996). Ensino a distância Ensino superior a distância em Portugal. Uma aproximação sociográfica. Prática e Processos Da Mudança Social. Presented at the III Congresso Português de Sociologia. https://aps.pt/wp-content/uploads/2017/08/DPR4926d7d5aae7f_1.pdf

Nobre, A., Pereira, H. & Rosa, R (2016).. a-REAEDUCA – Revista de Educação para o Século XXI: pensar, desenvolver e criar um REA. Repositório Aberto da Universidade Aberta. https://repositorioaberto.uab.pt/handle/10400.2/6904

Oliveira, M. M. S. de, Penedo, A. S. T., & Pereira, V. S. (2018). Distance education: advantages and disadvantages of the point of view of education and society. Dialogia, 29(7661), 139–152. https://doi.org/10.5585/dialogia.n29.7661

Paiva J., Figueira, C., Brás, C., & Sá, R. (2004). Elearning: o estado da arte. Sociedade Portuguesa de Física – Softciências. http://nautilus.fis.uc.pt/el/ a 18 de Abril de 2012

Pinheiro, B., & Grosso Correia, L. (2014). E-learning: INTRODUÇÃO HISTÓRICA A UMA TECNOLOGIA SEMPRE RENOVADA (pp. 45–104). Biblioteca Digital da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/78978/2/96527.pdf

Powtoon. https://www.powtoon.com/home/?locale=es

Rurato, P., & Gouveia, L. B. (2004). História do ensino a distância: uma abordagem estruturada. Revista Da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais FCHS, (01), 159–168. https://doi.org/1646-0502

Universidade Aberta. (2018). Universidade Aberta: 30 anos de ensino a distância. https://doi.org/http://hdl.handle.net/10400.2/7945

Creative Commons Licence

Publicado por Célia Ribeiras

Estudante da UAB, mãe, professora, filha e amiga...

One thought on “Produção de um (ou 2!) RECURSO EDUCACIONAL ABERTO (REA)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: